terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Registros


Quando vieres a me ler perguntarás por que não me restrinjo à pintura e às minhas exposições, já que escrevo tosco e sem ordem. É que agora sinto necessidade de palavras - e é novo para mim o que escrevo porque minha verdadeira palavra foi até agora intocada. A palavra é a minha quarta dimensão.
Clarice Lispector em “Agua Viva”.
Visite:
Bloco de desenhos - outro blog da Jo

8 comentários:

Lee Emovere disse...

Quando vieres a me ver perguntarás por que não me restrinjo às palavras da quarta dimensão, já que expresso as minhas cores em linhas tortas e desconexas. É que agora sinto necessidade dos riscos como uma forma de orientar os meus traços internos - e é novo para mim esse desejo já que o meu arco-íris permanece intocado.

(Lee Emovere, de passagem sobre o Universo de Joana, no coração de Clarice).

Ponta disse...

Oi Joana... só passando pra divulgar a coleção nova da Ponta de Cabeça: www.pontadecabeca.com.br . Dessa vez não tem joaninha, mas acredito que vais gostar.

Uchy Rücker disse...

olá!
estava passando, achei seu blog
e adoorei, parabens!
daqui a frente me verá mais por aqui, muito prazer :D

Joana Heck disse...

Obrigada Uchy!
Seja sempre bem-vinda!
Abraço. :)

Geison Aquino disse...

Bem vinda ao univeso das letras!
Escrever é pintar com palavras
Pintar estrofes
bordar versos


Pinte e Borde!

Joana Heck disse...

Sempre poeta esse meu Grilinho!!!
Obrigada Geison!

Adriana disse...

A super-hiper-mega-power-master Artista!! A cada trabalho novo...uma surpresa.... cada vez mais lindos..... não sei como isso é possível.... mas a Jo consegue..
Parabéns colega.......
Bjão

Eduardo disse...

Escrever é um dos combustíveis que impulsionam nossa mente a voar cada vez mais alto.